Flauta doce

A   flauta doce   ou   flauta de bisel   é um   instrumento musical, mais precisamente um   aerofone   de aresta.

A origem deste   instrumento   está nos antigos instrumentos folclóricos que ainda podem ser encontrados em diversas partes da Europa   hoje, como o Czakan na Hungria (6 furos) ou a flauta dupla da antiga   Iugoslávia. Muitos destes instrumentos eram feitos de tubos de   bambu   ou cana naturais, enquanto a flauta doce era um instrumento torneado em   madeira Foi o instrumento musical mais popular na   Idade Média. Ela produz um som melodioso. Como todo instrumento musical, para ser tocado é necessário estudos das técnicas. É o mais antigo dos instrumentos da família de tubo interno. Consiste em um tubo, com buracos para sete dedos e um buraco para o dedo polegar que serve como abertura de oitava.  

Flauta transversal

A   flauta transversal , por vezes chamada de   flauta transversa   ou simplesmente de   flauta , é um   aerofone   da família das madeiras. É um instrumento   não palhetado, possuindo um orifício por onde o instrumentista sopra perpendicularmente ao sentido do instrumento.

Apesar de atualmente ser fabricada em metal, em sua origem, ela era é de madeira. Por esta razão, até hoje, a flauta transversal é classificada nas orquestras como um instrumento pertencente ao grupo das   madeiras.